fbpx

Dicas para descobrir se está atingindo o público certo nas redes sociais

Você sabia que as suas redes sociais podem não estar atingindo o público certo?

Isso acontece com muita frequência por conta de uma má segmentação de anúncios e conteúdos, pois, não é só postar um post bonitinho e bem escrito que o seu público vem até você. É necessário que você produza conteúdos assertivos para o mesmo e direcione da maneira correta.

Segmentação no Facebook

Se o seu público são jovens de 20 a 35 anos que moram em Sorocaba e nos anúncios na segmentação está de 18 a 65+ com a localidade abrangente, como Brasil, dificilmente sua marca conseguirá atingir o público certo porque o Facebook irá distribuir este conteúdo de acordo com o que você pediu.

Veja bem, a ferramenta é inteligente, mas precisa do seu direcionamento para distribuir da maneira correta. 

Para saber se o seu público está de acordo, acesse a sua página no Facebook, clique em informações e acesse a aba pessoas. Aqui você consegue observar a idade, localidade e porcentagem para saber se o público que deseja está na sua página, ou não. Caso a resposta seja negativa, terá que reavaliar a sua estratégia e iniciar um novo processo de conteúdo com o direcionamento adequado. 

Para criar novos públicos nos anúncios acesse o seu gerenciador de anúncios, clique na aba à esquerda, acesse o “menu de ferramentas para empresas” e vá até o públicos. Ali você consegue criar novos e deixá-los salvos.

Segmentação no Instagram

O Instagram usa o mesmo gerenciador de anúncios do Facebook, mas a forma de ver os públicos alcançados é diferente.

No aplicativo, acesse seu perfil, deslize o dedo para a direita, acesse as informações e clique em público.

Caso o direcionamento esteja incorreto, você pode fazer anúncios segmentando da mesma forma que no Facebook e conseguirá reverter a situação. Lembrando que isso não ocorrerá da noite para o dia.

Segmentação no conteúdo

Falamos bastante sobre a segmentação de público via anúncios. Porém, o seu conteúdo também precisa estar de acordo com o público alvo para que o mesmo se identifique e tenha vontade de engajar com o que a sua marca produz.

Para exemplificar, imagine que você está em um elevador com várias pessoas desconhecidas e elas resolvem puxar assunto sobre o tempo. Provavelmente se sentirá desconfortável já que não conhece aquelas pessoas e nem queira conversar naquele momento.

Agora imagine a situação contrária, você entra em um elevador e há duas pessoas que conhece e não via há tempos, o papo flui e é capaz de saírem dali para um cafezinho.

Nas redes sociais é o mesmo critério, se você não conhece seu potencial cliente a fundo e começa a jogar coisas aleatórias só para ter posts em suas redes, o consumo não ocorrerá porque não há identificação entre o indivíduo e sua marca. Mas, quando consegue entender o que seu público deseja consumir e a partir daí produz conteúdos de acordo com o perfil dele, o engajamento é certo e a conversão estará mais próxima do que imagina.

Lembre-se que: para haver conversão é necessária a identificação com a marca, problema e solução.

Para saber o que o seu público deseja, faça o seguinte

  • Pergunte aos seus atendentes quem vai no estabelecimento, idade, e estado civil;
  • Confira a sua cartela de clientes e veja qual o público em comum;
  • Pergunte nas redes sociais através dos stories e posts com: o que você gostaria de ver por aqui?
  • Vasculhe os grupos da sua área e anote as dúvidas em comum.

Viu só como não é um bicho de sete cabeças?

Teste essas dicas e depois conta pra gente qual foi a mudança.

Caso não queira ter esse trabalho ou esteja descontente com a estratégia atual, não exite em nos contatar. Será um prazer atendê-lo 😉

 

LEIA TAMBÉM: 

Use as mídias sociais da maneira certa!

Aprenda a montar um planejamento de postagem.

5 maiores dúvidas de marketing nas mídias sociais

O que postar no feed da minha empresa?

 

 

 

 

 

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
×