Se tem uma coisa que muda muito e a toda hora são as regras para gerar engajamento no Facebook. Em linhas gerais, elas são regras bastante simples de entender. Mas existem sempre alguns detalhes e formas de fazer diferente que podem aumentar o seu engajamento.

Quando a gente fala em engajamento no Facebook, estamos nos referindo às curtidas, aos comentários e aos compartilhamentos. E quando falamos sobre isso na perspectiva dos negócios, é algo que vai muito além do que vaidade.

Isso porque quando a sua audiência engaja com seu conteúdo, ou seja ela curte, comenta e compartilha, esse seu fã está fazendo o papel de levar a sua informação adiante para a rede de contatos dele.

3 NOVAS REGRAS DE ENGAJAMENTO NO FACEBOOK

Existem algumas regras que você pode seguir para aumentar o seu engajamento no Facebook. É justamente isso que vamos te apresentar hoje. Conheça três dessas regras que podem, se colocadas na sua forma de gerar conteúdo, aumentar seu engajamento no Facebook.

A gente sabe que no Facebook existe um algoritmo chamado Edgerank. Esse algoritmo vai acompanhando as interações de todo mundo. Tudo o que eu, você, sua irmã, enfim: todo mundo que usa o Facebook faz na rede social é observado por ele.

Esse algoritmo acaba acompanhado e sabendo que tipo de conteúdo uma pessoa gosta e interage mais. E na medida que ele entende que tipo de conteúdo interessa mais para você, mais esse tipo de conteúdo você tende a receber no seu Feed de Notícias.

Quando somos nós os geradores de conteúdo dentro da rede social, é importante que nós tentemos gerar um envolvimento maior, um engajamento com nossas publicações, para que nossos fãs, nossa audiência, receba o nosso conteúdo de maneira orgânica.

Na medida que o tempo vai passando, com cada vez mais conteúdo sendo gerado dentro da rede social, é cada vez mais difícil você gerar engajamento orgânico.

É então que surgem essas regras, que são basicamente novas formas de você publicar seu conteúdo e que podem aumentar seu engajamento no Facebook.

1. FOQUE NA EXPERIENCIA DO USUÁRIO

engajamento no facebook

Uma coisa que a gente tem modificado no nosso negócio é o jeito que nós realizamos as nossas postagens.

Durante muito tempo, nós estávamos usando a nossa página do Facebook para levar pessoas para nosso blog. Por que fazemos isso? O nosso blog é um canal importante para nossa estratégia de negócio. É lá que nós acabamos gerando nossos leads, promovendo nossos treinamentos etc. Por ser um canal estratégico, nós usamos o Facebook para essa geração de tráfego: dos fãs da página para nosso site.

Porém, nós percebemos que quando levamos a pessoa para fora do Facebook temos um engajamento menor, um alcance menor. O fato de fazer com que o usuário saia do Facebook influencia nisso.

Então qual foi a primeira mudança?

Essa foi uma das primeiras regras que nós entendemos: focar na experencia do usuário e não no consumo.

Se você perceber em nossos posts no Facebook, muitos deles são focados na interação com o usuário. O usuário hoje em dia não quer mais ser aquele consumidor passivo do conteúdo, daquele tipo que recebe o conteúdo, consome e boa.

Como empreendedor ou como profissional de marketing digital, nós precisamos fazer com que a pessoa tenha uma experiência com nosso conteúdo, fazendo com que ele engaje, curta, comente e compartilhe.

Pensando nisso, o que nós fizemos: investimos na produção de posts focados na experiência de consumo do conteúdo, como perguntas, enquetes, GIFs e coisas simples para que as pessoas tenham essa experiência.

2. CONTEÚDO NATIVO É REI

engajamento no facebook

Como regra número 2 que a gente entendeu dentro desse cenário do mundo do engajamento, é que conteúdo nativo é poderoso! O que é conteúdo nativo para nós? São conteúdos que as pessoas consomem dentro do próprio Facebook.

Diferente de um post no blog, por exemplo, onde a pessoa precisa sair do Facebook para consumir, para abrir uma aba no navegador para ler. No nosso negócio, nós temos investido bastante nesse tipo de conteúdo nativo.

Vídeos publicados direto no Facebook, transmissões ao vivo, GIFs, enquetes, perguntas, imagens na nossa página: nós sempre tentamos mesclar conteúdo nativo com o conteúdo que leva para fora do Facebook.

Como o blog é importante nossa estratégia, esse tipo de postagem ainda continua sendo feito em nossa fanpage. Mas aqui que vem o pulo do gato e nosso segredinho: nós usamos essa mescla de conteúdo nativo para que quando esse conteúdo que leva para fora do Facebook for publicado, o Edgerank com a nossa audiência esteja legal.

Ou seja: gerando bastante post com foco em experiência e consumo dentro do próprio Facebook, ao postar um link que redireciona o fã para fora, esse conteúdo externo tende a ter um alcance melhor. Ele tende a ser catapultado por essa sequência de bom engajamento gerado anteriormente.

Por isso, se você está com problemas de engajamento, observe quanto de conteúdo nativos você está gerando e quanto conteúdo externo é gerado. Pode ser uma das regras que você está quebrando quando a gente fala dessas “novas regras de engajamento no Facebook”.

3. O POST PRECISA BOMBAR NOS PRIMEIROS MINUTOS

engajamento no facebook

Outra coisa importante também é você buscar formas de fazer com que sua audiência interaja com seu conteúdo já nos primeiros minutos. Quando você publica um conteúdo na sua fanpage, o Facebook tende a distribuir para as pessoas que tenham Edgerank maior, ou seja, as pessoas com uma alta conexão com a sua página. Essas pessoas vão ser as responsáveis por fazer o seu conteúdo viralizar.

Como que funciona. Quando você publica um conteúdo na sua página, é importante que você foque em gerar um engajamento logo nos primeiros minutos. É essencial que logo seus fãs comecem a interagir com o conteúdo.

Para o algoritmo do Facebook, serão essas pessoas que vão dizer “Facebook, esse conteúdo é bom, viraliza, propaga ele aí pela rede”.

Se você publicar e nos primeiros minutos não tiver esse engajamento, esse post não bombar com esse público, há grande chances de que esse post efetivamente não tenha grande sucesso viral.

Para resolver isso, nós sempre trabalhamos com perguntas — esses conteúdos nativos ajudam nesse consumo rápido da informação. Então, o nosso fã olha a postagem e já consome e comenta.

Por isso: focar na experiência e não só no consumo, conteúdo nativo no Facebook e foco no engajamento já nos primeiros minutos são, para nós, as novas regras do engajamento no Facebook que você pode e deveria estar utilizando no seu negócio.

Engajamento não é só vaidade. Empresas precisam disso para que a medida que sua audiência leve o seu conteúdo adiante, você ganhe prova social. As pessoas olham quantas curtidas uma publicação teve, então isso é importante.

Equipe Chá Social Marketing

Fonte: https://www.camilaporto.com.br/facebook/novas-regras-de-engajamento-no-facebook/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.